Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BOVESPA-Índice tem leve recuo com clima de cautela no exterior

SÃO PAULO, 8 Jun (Reuters) – O clima de cautela nos mercados externos levava a Bovespa a operar em baixa nesta sexta-feira, diante da expectativa de que a Espanha formalize pedido de ajuda a bancos do país no fim de semana e após a autoridade monetária norte-americana frustrar investidores que esperavam novas medidas de estímulo econômico.

Às 12h26, o Ibovespa recuava 0,29 por cento, a 53.998 pontos, em um pregão espremido entre o feriado da véspera e o fim de semana. O giro financeiro do pregão era de 2,3 bilhões de reais.

“A tendência parece ser de baixa, mas podemos esperar mais volatilidade ao longo do dia, como temos visto nas últimas semanas”, disse o gestor Felipe Casotti, da Máxima Asset.

“O mercado esperava políticas de estímulo mais concretas, mas a fala de Bernanke (presidente do Fed) na quinta-feira não trouxe nada nesse sentido. Também continua a preocupação com a crise na Europa, com Espanha no foco.”

A Espanha deve pedir no fim de semana ajuda europeia para recapitalizar os bancos do país, disseram à Reuters fontes em Bruxelas e em Berlim nesta sexta-feira.

Nos Estados Unidos, o presidente Barack Obama disse nesta sexta-feira que uma recessão da Europa afetaria o ritmo de recuperação da economia norte-americana.

O principal índice das bolsas europeias tinha queda de 0,2 por cento perto do fechamento. Em Wall Street, o índice Dow Jones subia 0,1 por cento.

Na bolsa paulista, pesavam no índice OGX, com queda de 3,1 por cento, a 9,75 reais, e a preferencial da Petrobras, com baixa de 1,6 por cento, a 18,78 reais.

Em sentido contrário, a preferencial da Valesubia 0,4 por cento, a 37,17 reais. Gafisa avançava 8,9 por cento, a 2,32 reais. A construtora e incorporadora emitirá 70,25 milhões de ações em prosseguimento ao processo de compra da totalidade das ações da Alphaville Urbanismo.

Outro destaque de alta era a ação ordinária da Usiminas , que subia 5,5 por cento, a 8,46 reais. Na noite de quarta-feira, a CSN informou que recebeu autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para realizar operações em bolsas de valores envolvendo os papéis da Usiminas, incluindo operações de derivativos.

Com a forte queda do Ibovespa nas últimas semanas, muitos papéis começam a ficar com preços atrativos, mas o cenário externo ainda inspira cautela, segundo Casotti.

“Em um cenário de estabilidade pareceria que o mercado se encontra em um P/L (preço sobre lucro) atrativo. Mas os múltiplos que parecem baratos hoje de repente podem não ser mais atrativos se houver uma ruptura na Europa”, afirmou.(Por Danielle Assalve; Edição de)