Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BOVESPA-Índice descola de NY e cai 0,74%, após ata da Copom

(Texto atualizado com mais informações e dados oficiais de fechamento da bolsa)

Por Roberta Vilas Boas

SÃO PAULO, 15 Mar (Reuters) – A Bovespa encerrou esta quinta-feira em baixa, movimento puxado pelos setores de bancos e imobiliário, após a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) esfriar os ânimos de investidores sobre a intensidade dos próximos cortes de juros.

O Ibovespa caiu 0,74 por cento, a 67.749 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 7,12 bilhões de reais.

Após cortar a Selic em 0,75 ponto percentual, para 9,75 por cento, na semana passada, o Copom informou nesta manhã que pretende levar a Selic para patamares “ligeiramente acima dos mínimos históricos” e estabilizá-la neste nível.

Com isso, a curva futura de juros, que após a reunião da semana passada considerava uma taxa abaixo de 9 por cento no fim do ano, passou a considerar a Selic em 9 por cento.

“A queda ocorreu por conta da ata do Copom, que colocou que não vai haver aumento de gasolina, o que derrubou a Petrobras, e um fundo de 9 por cento na Selic, sendo que as curvas de juros já apontavam 8,75 por cento (no fim do ano)”, explicou o analista Eduardo Oliveira, da UM Investimentos.

Segundo ele, isso anulou o ânimo do mercado com dados econômicos dos EUA, com os novos pedidos de auxílio-desemprego caindo ao menor nível em quatro anos.

A preferencial da Petrobras caiu 2,46 por cento, a 24,22 reais, enquanto a ordinária recuou 2,6 por cento, a 25,10 reais.

Entre as construtoras, a Cyrela teve queda de 3,08 por cento, a 18,25 reais; Rossi perdeu 2,68 por cento, a 10,90 reais. Entre os bancos, Santandercaiu 1,64 por cento, a 18,58 reais; e Banco do Brasildesvalorizou 1,38 por cento, a 28,60 reais.

A maior queda do índice, porém, foi registrada por Klabin , com perdas de 4,97 por cento, a 9,18 reais. Nesta quinta-feira, o BTG Pactual reduziu a recomendação para o papel, de “compra” para neutra”.

Marfrig encerrou com baixa de 3,44 por cento, a 11,80 reais, após a companhia informar a desistência do acordo de logística com a JSL, cuja ação subiu 0,43 por cento, a 11,75 reais.

Na outra ponta, a maior alta foi registrada por Gol , de 2,99 por cento, a 15,15 reais. A companhia anunciou na terça-feira à noite que pediu aval para operar voos entre Brasil e Miami, com escala em Caracas.

Vale também foi destaque positivo, com a preferencialsubindo 0,85 por cento, a 41,45 reais, e a ordináriacom ganhos de 0,95 por cento, a 42,70 reais.

A mineradora anunciou na noite da véspera que teve decisão favorável do Superior Tribunal de Justiça sobre a cobrança de tributos sobre lucros de coligadas e controladas no exterior.

Fora do índice, Queiroz Galvão, que desabou 18,1 por cento, a 12,76 reais, após novas avaliações no poço Ilha do Macuco, na bacia de Santos, que decepcionarem o mercado.(Edição de Aluísio Alves)