Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bovespa ‘ignora’ impeachment e cai 1,15%; dólar tem leve baixa

Manutenção de direitos políticos de Dilma foi interpretada por alguns operadores como evidência de falta de coesão na base aliada

Por da Redação Atualizado em 31 ago 2016, 18h30 - Publicado em 31 ago 2016, 18h12

A Bovespa e o dólar “ignoraram” a decisão do Senado de cassar definitivamente o mandato de Dilma Rousseff e não refletiram o otimismo registrado em outros pregões marcados por mudanças importantes no quadro político. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, recuou 1,15%, a 57.901 pontos. O dólar, que teve bastante oscilação ao longo do dia, recuou 0,34%, a 3,22 reais.

As incertezas sobre como será a relação do agora presidente Michel Temer como o Congresso ajudam a explicar o desempenho do mercado financeiro nesta quarta. “O impeachment ficou para trás, e o que sobrou foi todo esse ruído, essa dúvida sobre o que vai ser da base aliada”, disse o operador de um banco internacional, sob condição de anonimato.

Esse receio tem relação com a decisão do Senado de manter os direitos políticos de Dilma, que gerou críticas de parlamentares da base aliada. Dilma foi cassada pelo Senado por 61 votos a 20, mas manteve seus direitos políticos, o que foi visto por alguns operadores como evidência de falta de coesão da base aliada.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade