Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bovespa cai diante de incerteza sobre reforma da Previdência

Tom pessimista do Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, sobre aprovação do texto ajudou a Bolsa a fechar novembro em forte queda

O Ibovespa fechou esta quinta-feira abaixo dos 72 mil pontos, encerrando novembro com forte queda.

A Bovespa abriu em firme queda de cerca de 1% nesta quinta-feira, em meio às crescentes incertezas sobre a capacidade do governo Michel Temer de conseguir aprovar a reforma da Previdência na Câmara neste ano.

O principal índice acionário da B3 renovou mínima pontualmente no início da tarde, influenciado tom pessimista do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) em relação à votação da reforma, durante encontro promovido pelo banco JP Morgan.

Às 12h11, o índice à vista recuava 0,95%, aos 72.006,54 pontos, após ter registrado mínima pontual aos 71.818 pontos (-1,21%). Com base em dados preliminares, o Ibovespa caiu 1,55%, a 71.573 pontos, acumulando perda de 3,7% no mês, o primeiro no vermelho desde maio. O volume financeiro do pregão era de 21,7 bilhões de reais, impulsionado pela OPA da CPFL.