Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Bolsonaro estuda aumentar validade da CNH de cinco para dez anos

Atualmente, o documento tem validade de cinco anos para pessoas até 65 anos e de três anos acima desta idade

Por Da Redação - Atualizado em 28 dez 2018, 15h25 - Publicado em 28 dez 2018, 12h39

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, avisou nesta sexta-feira, 28, via Twitter, que pretende aumentar o prazo de validade da carteira nacional de habilitação no Brasil. Ele sugeriu estender o prazo de validade dos atuais cinco anos para dez anos.

“Informo que faremos gestões no sentido de passar para dez anos a validade da carteira nacional de habilitação”, disse Bolsonaro, que parabenizou o governo do Rio de Janeiro, o qual anunciou a extinção da vistoria anual de veículos.

Publicidade

Atualmente, o documento tem validade de cinco anos para pessoas até 65 anos e de três anos acima desta idade. Para renová-la, é preciso realizar exames médicos.

No início do ano o governo revogou uma resolução do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) que obrigava os motoristas a fazer curso teórico de dez horas e uma prova para renovar a carteira de habilitação. A exigência mantida é a realização de um exame médico.

A atribuição sobre as regras de trânsito passará, a partir de janeiro de 2019, para as mãos de Gustavo Canuto, que será o titular do Ministério do Desenvolvimento Regional. A pasta incorporará as atribuições das Cidades e Integração Nacional – dois ministérios que foram suprimidos pelo presidente eleito.

A quatro dias da posse, Bolsonaro tem indicado prioridades das 22 pastas que integrarão sua gestão. As orientações atingem vão desde ajustes de gastos a medidas pontuais para cada área.

Publicidade

(Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo)

Publicidade