Clique e assine a partir de 9,90/mês

Bolsonaro diz que preço da carne vai cair e culpa entressafra pela alta

Segundo o presidente, pecuaristas investem para aumentar a produtividade diante do aumento da demanda internacional

Por da Redação - 9 dez 2019, 20h00

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira, 9, que a alta do preço da carne se deve a uma combinação de entressafra com um aumento das exportações, e apontou para uma queda em breve, após a cotação do boi gordo atingir máximas históricas no país e pressionar a inflação. “Estamos numa entressafra. É natural nessa época do ano a carne subir por volta de 10%. Subiu um pouco mais devido às exportações”, disse Bolsonaro, em transmissão ao vivo de vídeo pelo Facebook, ao lado da ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

O presidente acrescentou que em breve o preço vai cair, uma vez que os produtores estão investindo para aumentar a produtividade diante da maior demanda internacional pela carne brasileira. O Brasil, maior exportador global de carne bovina, está vendendo cada vez mais para a China diante da alta da demanda chinesa, mas isso faz com que os consumidores brasileiros paguem mais pelo produto nos açougues do país.

Pressão na inflação

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acelerou 0,51% após uma sequência de resultados mais baixos: deflação de 0,04% em setembro e inflação de 0,1% em outubro, conforme divulgou o IBGE, na sexta-feira, 6. A disparada nos preços tem como grande vilã a carne bovina. O aumento de exportações do produto, puxadas tanto pela China como pela desvalorização do real, que torna o produto mais caro, são os motivos apontados. Dentre os 15 itens que mais subiram em novembro, 9 são cortes de carne bovina, deixando tanto o churrasco do fim de semana como o almoço de muita gente mais salgado. A capa de filé disparou 12,9%. Ao todo, o grupo carnes subiu 8,1% no mês.

(Com Reuters)

Publicidade