Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Bolsonaro autoriza o maior reajuste de remédios da última década

A partir desta quinta-feira, 31, cerca de 13 mil medicamentos podem ficar quase 11% mais caros

Por Luana Meneghetti Atualizado em 31 mar 2022, 13h11 - Publicado em 30 mar 2022, 14h17

Os preços de cerca de 13 mil remédios vão ficar mais caros a partir desta quinta-feira, 31. O presidente Jair Bolsonaro autorizou o reajuste de até 10,9% nos preços dos medicamentos. O motivo seria a escalada da inflação, que encerrou o ano de 2021 em 10,06%, abaixo do percentual autorizado pelo executivo. Este já é um dos maiores reajustes da última década.

No ano passado, o governo já havia autorizado um reajuste robusto, de até 10,08% para os medicamentos, ante uma inflação de 4,52% em 2020, quando o índice ficou apenas 0,52 pontos percentuais acima da meta de 4% do Banco Central.

Segundo o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma), os medicamentos subiram 3,75% no acumulado de 2020 e 2021, enquanto a inflação saltou para 15% no mesmo período, gerando uma defasagem de 11 pontos percentuais na recomposição dos preços. A entidade afirma que “o reajuste não é automático nem imediato, pois a grande concorrência entre as empresas do setor regula os preços”.

O percentual do reajuste definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), órgão interministerial responsável pela regulação do mercado de medicamentos, é calculado por meio de uma formula que leva em conta a inflação acumulada de 12 meses até março, de 10,54%, mais os ganhos e a produtividade das empresas e a variação de preços entre setores.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês