Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bolsas na Europa ganham sob rescaldo de operação do BCE

Por Da Redação 1 mar 2012, 15h22

Por Renan Carreira

Londres – As bolsas europeias fecharam em alta nesta quinta-feira, com os investidores ainda animados com o resultado da operação, realizada na quarta-feira, de refinanciamento de longo prazo do Banco Central Europeu (BCE). Também colaborou para o otimismo europeu uma decisão da Associação Internacional de Swaps e Derivativos (ISDA, na sigla em inglês) sobre os swaps de default de crédito (CDS, na sigla em inglês) da dívida soberana da Grécia. O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 1,04%, fechando a 267,06 pontos.

Os ganhos foram contidos pelos números fracos da atividade industrial nos Estados Unidos. O índice do Instituto para Gestão de Oferta (ISM, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial nacional do país caiu para 52,4 em fevereiro, ante 54,1 em janeiro. A leitura contrariou a previsão dos economistas de alta para 54,9.

Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX subiu 1,25%, fechando a 6.941,77 pontos. Deutsche Bank avançou 2,2%. HeidelbergCement teve alta de 3,9%, BMW subiu 3% e Volkswagen avançou 2,2%.

Em Londres, o índice FTSE avançou 1,02%, a 5.931,25 pontos. Man Group teve a maior alta, de 13%, após resultados finais, enquanto WPP subiu 3% depois de anunciar lucros recordes em 2011. Barclays avançou 2,5% e o HSBC teve alta de 2,3%.

O índice CAC 40, da Bolsa de Paris, subiu 1,37%, para 3.499,73 pontos. Assim como na quarta-feira, os bancos fecharam em alta. Société Générale avançou 3,3% e o Crédit Agricole e o BNP Paribas subiram 2%. Veolia Environnement registrou alta de 15% após reafirmar planos de reestruturação e dizer que está em negociações para alienar sua empresa de transporte. Por outro lado, Vivendi caiu 10% após avisar que seu lucro pode ficar prejudicado até 2014. Peugeot recuou 3,9% depois de anunciar um aumento de capital de 1 bilhão de euros.

Em Madri, o índice Ibex 35 subiu 0,97%, para 8.547,70 pontos. Em Portugal, o índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, teve alta de 0,95%, para 5.633,67 pontos. Na Itália, o FTSE MIB registrou alta de 2,93%, para 16.830,60 pontos. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade