Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsas na Europa fecham sem direção comum

Por Gabriel Bueno

Londres – Os principais índices das bolsas europeias apresentaram sinais mistos hoje. Após registrarem altas mais cedo, perderam força diante dos comentários do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, afirmando que o panorama econômico na Europa está sujeito a “grande incerteza” e que se mantém um risco substancial para baixo.

O índice pan-europeu Stoxx 600 ficou perto da estabilidade, registrando alta de 0,02%, ou 0,04 ponto, para 233,75 pontos. O anúncio nesta segunda-feira da morte do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-il, também ajudou a gerar incerteza no dia.

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 fechou em queda de 0,41%, para 5.364,99 pontos. Segundo a IG Index, os investidores mantêm em mente os temores de procrastinação política dos líderes europeus para lidar com a crise da dívida, tendo motivos para não manter posições por muito tempo.

O índice CAC 40, da Bolsa de Paris, subiu 0,06%, para 2.974,20 pontos, mesmo com a manutenção da preocupação de que a França possa perder seu rating AAA, após advertência da Fitch na noite de sexta-feira. “Os mercados já precificaram o rebaixamento da França”, afirmou um corretor de Paris. Mas se ele será um rebaixamento em um ou dois graus, isso permanece algo incerto”, avaliou a fonte. Suez Environnement recuou 3,7%, após ser rebaixada para “neutral” pelo Credit Suisse. Unibail-Rodamco subiu 0,3%, após ser elevada para “buy” pela Cheuvreux. Total teve alta de 0,7%, após vender seis locais de produção de petróleo para a Vermilion.

O DAX, índice da Bolsa de Frankfurt, recuou 0,54%, para 5.670,71 pontos. As ações do setor financeiro estavam particularmente fracas, com Commerzbank fechando em queda de 2,2% e Deutsche Boerse recuando 1,7%. Infineon perdeu 2,7%, após o CEO Peter Bauer afirmar que espera que a receita da companhia seja 10% menor no atual trimestre.

Na Bolsa de Milão, o índice FTSE MIB fechou em queda de 0,16%, em 14.548,20 pontos. As quedras foram lideradas por companhias expostas ao consumo doméstico europeu, incluindo Ansaldo (-3,3%), Mediaset (-3,2%) e Fiat (-2,1%). Intesa fechou em alta de 0,3% e Unicredit ganhou 2,2%.

Em Madri, o índice Ibex 35 avançou 0,60%, para 8.253,00 pontos. As ações de Bankinter, Gamesa e Inditex fecharam em alta de 5,2%, 1,2% e 0,4%, respectivamente. O PSI 20, da Bolsa de Lisboa, subiu 0,19%, para 5.327,86 pontos. As informações são da Dow Jones.