Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsas europeias fecham em alta após leilão e indicadores

Por Joanne Frearson

LONDRES (Reuters) – As ações europeias fecharam em alta nesta quinta-feira, recuperando cerca de metade das fortes quedas da sessão anterior, depois que um leilão de bônus espanhois encontrou boa demanda e os pedidos de auxílio-desemprego e a produção industrial nos Estados Unidos mostraram sinais de melhora econômica na economia norte-americana.

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias fechou com alta de 0,98 por cento, aos 961 pontos, segundo dados preliminares, depois de cair 2,1 por cento na sessão anterior.

“Temos algum respiro através de um leilão e, naturalmente, os dados dos EUA foram razoavelmente encorajadores”, disse o estrategista da Standard Life Investments Richard Batty.

“Mas nós ainda não temos um guia da política que capacite a Europa a evitar uma desaceleração e um retrocesso. Não mudamos nossa alocação de ativos e estamos posicionados para um desempenho abaixo da média com relação às ações europeias.”

Old Mutual foi a maior ganhadora e mais ativamente negociada das ações na Europa, em alta de 11,7 por cento e volume mais de duas vezes sua média diária de 90 dias, depois que seguradora disse que venderá sua divisão nórdica para a Skandia Liv.

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 0,63 por cento, a 5.400 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,98 por cento, para 5.730 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,76 por cento, a 2.998 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib subiu 1,37 por cento, para 14.627 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 teve alta de 0,84 por cento, a 8.250 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 avançou 1,41 por cento, para 5.342 pontos.