Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsas em NY sobem com otimismo sobre zona do euro

Por Gustavo Nicoletta

Nova York – Os principais índices do mercado de ações dos Estados Unidos fecharam em alta, em meio ao otimismo sobre a capacidade da Europa para conter a crise das dívidas soberanas da zona do euro e também por expectativas de que a China ajudará a resgatar as economias fragilizadas do Velho Mundo.

O Dow Jones subiu 162,42 pontos, ou 1,39%, para 11.869,04 pontos. O Nasdaq avançou 12,25 pontos, ou 0,46%, para 2.650,67 pontos. O S&P 500 teve ganho de 12,95 pontos, ou 1,05%, para 1.242,00 pontos.

“Estamos marginalmente no caminho de algo concreto. Alguma coisa está surgindo e isso ajuda o mercado. Alavancagem requer dinheiro e, se os chineses participarem, haverá mais dinheiro”, disse Quincy Krosby, estrategista de mercado da Prudential Financial, referindo-se à possibilidade de a China ajudar a aumentar o poder de fogo da Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, em inglês), o fundo de resgate da zona do euro.

Apesar do otimismo, os investidores ainda acham que levará tempo para que todos os detalhes do plano europeu anticrise sejam acertados. “A estratégia no momento é empurrar o assunto da dívida grega com a barriga e comprar tempo”, disse Lionel Mellul, sócio da Momentum Trading Partners. “Tivemos um rali alimentado por expectativas, mas agora ele parece mais um rali tático do que algo mais sadio.”

Entre os destaques da sessão, a Boeing subiu 4,5% depois de anunciar um lucro trimestral que superou as expectativas do mercado e divulgar previsões para o ano que também agradaram os investidores. A receita da companhia, no entanto, ficou aquém do previsto.

A Amazon fechou em baixa de 13%. Ontem, após o fechamento das bolsas norte-americanas, a empresa divulgou que seu lucro do terceiro trimestre encolheu 73% em comparação ao resultado obtido um ano antes e anunciou que pode registrar prejuízo operacional nos últimos três meses deste ano.

As ações da MF Global caíram 8,6% após o Wall Street Journal afirmar que a corretora contratou o banco de investimentos Evercore Partners para determinar se ela deve ser vendida. A Sprint Nextel perdeu 7%, embora tenha anunciado um prejuízo menor do que o esperado para o terceiro trimestre. A Ford anunciou um lucro trimestral que decepcionou os investidores e suas ações caíram 4,5%. A receita da montadora, no entanto, ficou acima das estimativas.

Os indicadores divulgados hoje mostraram que as encomendas de bens duráveis dos EUA cresceram 0,8% em setembro na comparação com agosto, ante expectativa de declínio de 1,0%, enquanto as vendas de moradias novas aumentaram 5,7% na mesma base de comparação, registrando o primeiro avanço em cinco meses.

No mercado de Treasuries, os preços caíram e os juros subiram diante do otimismo em relação à possibilidade de a União Europeia apresentar um plano confiável contra a crise. “O importante é lembrar que a ênfase agora está em quando a solução virá e não em se a solução virá”, disse Guy LeBas, estrategista de renda fixa da Janney Montgomery.

No final da tarde em Nova York, o juro projetado pelos T-bonds de 30 anos estava em 3,220%, de 3,133% na terça-feira; o juro das T-notes de 10 anos estava em 2,206%, de 2,112%; o juro das T-notes de 2 anos estava em 0,285%, de 0,250%. As informações são da Dow Jones.