Clique e assine a partir de 9,90/mês

Bolsas de NY devem abrir em alta após balanço da Alcoa

Por Da Redação - 10 jul 2012, 10h35

Por Danielle Chaves

Nova York – Os índices futuros das bolsas de Nova York apontam para uma abertura em alta na sessão desta terça-feira depois de um acordo sobre a ajuda para os bancos da Espanha e do bom resultado trimestral da Alcoa, divulgado na noite de quarta-feira. Às 10h15 (de Brasília), no mercado futuro, Dow Jones subia 0,35%, Nasdaq avançava 0,35% e S&P 500 ganhava 0,29%

As ações da Alcoa tinham alta de 0,68% no pré-mercado. A empresa de alumínio teve lucro ajustado e receita acima das estimativas no segundo trimestre deste ano. Como a Alcoa é o primeiro componente do índice Dow Jones a anunciar seu balanço, ela dá início simbólico à temporada de balanços nos Estados Unidos.

Motivos para uma alta em Wall Street também saíram da Europa, onde os ministros de Finanças da zona do euro concordaram em fornecer à Espanha 30 bilhões de euros até o fim de julho para ajudar os bancos do país e estenderam o prazo para o país cumprir as metas de déficit. Além disso, a produção industrial do Reino Unido superou as previsões e teve a maior alta em mais de dois anos em maio.

Continua após a publicidade

Mas há razões para cautela. As importações da China cresceram 6,3% em junho, ante o igual mês do ano passado, abaixo das previsões de +11,3% e do avanço de 12,7% registrado em maio. As exportações, por sua vez, subiram 11,3%, superando as estimativas de alta de 9%, mas permanecendo abaixo do crescimento de 15,3% em maio. As informações são da Dow Jones.

Publicidade