Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsas de Nova York encerram sem direção comum

Por Gustavo Nicoletta

Nova York – Os principais índices do mercado de ações dos EUA fecharam em baixa, em sua maioria, refletindo a decepção dos investidores com o crescimento da economia do país no final do ano passado.

Dados divulgados pelo Departamento do Comércio dos EUA mostraram que o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 2,8% no quarto trimestre de 2011 na comparação com o trimestre anterior. A leitura foi a maior desde o segundo trimestre de 2010, mas ficou aquém das expectativas de analistas, que previam uma expansão de 3,0%.

O Dow Jones caiu 74,17 pontos, ou 0,58%, para 12.660,46 pontos. O Nasdaq subiu 11,27 pontos, ou 0,40%, para 2.816,55 pontos. O S&P 500 recuou 2,10 pontos, ou 0,16%, para 1.316,33 pontos. Na semana, o Dow Jones foi o único índice que acumulou queda, de 0,47%. Nasdaq e S&P 500 avançaram 1,07% e 0,07%, respectivamente.

Entre os destaques da sessão, a Chevron fechou em baixa de 2,47% depois de anunciar que seu lucro com refino encolheu no final do ano passado, pressionado pelo aumento nos preços do petróleo e pela fraqueza na demanda por combustíveis. A Ford divulgou um lucro que ficou abaixo das expectativas do mercado e caiu 4,16%.

Perto do encerramento do pregão, o Wall Street Journal divulgou, citando fontes, que o Facebook vai entrar na semana que vem com um pedido para fazer uma oferta pública inicial (IPO) de ações, numa operação que deve render à companhia cerca de US$ 10 bilhões. As informações são da Dow Jones.