Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Bolsas da Europa fecham em baixa temendo saída da Grécia

Para analistas, a rejeição do povo grego em referendo vai dificultar as futuras discussões de Atenas com seus credores

Por Da Redação 6 jul 2015, 16h02

As principais bolsas da Europa fecharam em queda nesta segunda-feira, pelos temores de que a Europa recuse as demandas por austeridade dos credores e do impacto da crise grega na zona do euro. O CAC 40 em Paris caiu 2,01%, a 4.711.54 pontos, enquanto em Frankfurt, o DAX 30 teve queda de 1,52%, a 10.890,63 pontos.

Fora da Eurozona, o FTSE 100, em Londres, recuou 0,76% em relação ao fechamento de sexta-feira, a 6.535,68 pontos.

LEIA TAMBÉM:

Rejeição dos gregos derruba bolsas em todo o mundo

Para analistas, a rejeição do povo grego vai dificultar as futuras discussões de Atenas com seus credores. “O risco de um resultado negativo (para a Grécia) cresceu de forma concreta”, avaliou Francis Yared, estrategista do Deutsche Bank. Já economistas do BNP Paribas preveem “incertezas significativas” nas próximas 48 horas. O maior temor é que a Grécia acabe deixando a zona do euro.

As perdas das ações na Europa, porém, são contidas pelo anúncio de que o ministro de Finanças grego, Yanis Varoufakis, renunciou ao cargo para ajudar seu país a fechar um acordo de resgate com os credores, que incluem a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu (BCE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM:

Vice-ministro das Relações Exteriores será o novo ministro das Finanças da Grécia

A saída de Varoufakis é um “evento muito positivo”, segundo Demetrios Efstathiou, estrategista do ICBC Standard Bank. “O ministro de Finanças grego havia perdido a confiança dos parceiros na zona do euro e as negociações serão ‘um tanto mais fáceis’ sem ele”, disse Efstathiou. Líderes europeus e o Eurogrupo – formado por ministros de Finanças da zona do euro – convocaram reuniões para esta terça-feira para discutir a questão grega.

(Da redação)

Leia também:

Governo da Alemanha descarta nova ajuda financeira à Grécia

Grécia vai apresentar novas propostas de acordo nesta terça

Continua após a publicidade

Publicidade