Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Bolsas da Ásia voltam a cair com temores sobre Grécia

Por Da Redação - 23 maio 2012, 06h45

Tóquio – Após dois pregões de recuperação técnica, os mercados asiáticos voltaram para o campo negativo nesta quarta-feira. Os renovados temores sobre a potencial saída da Grécia da zona do euro nortearam os investidores da região.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong, que fechou em baixa pela 13ª vez nos últimos 15 pregões, também afetada pela persistente preocupação de um pouso forçado na China. O Hang Seng caiu 252,96 pontos, ou 1,3%, e encerrou aos 18.786,19 pontos – os investidores venderam blue chips por causa das preocupações macroeconômicas.

Já as Bolsas da China tiveram ligeira queda, com os investidores nervosamente olhando o desenvolvimento da crise na Europa e aguardando sinais de que Pequim irá ajustar a política econômica para estimular o crescimento. O Xangai Composto caiu 0,4% e terminou aos 2.363,44 pontos. O Shenzhen Composto ficou estável, aos 954,83 pontos.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em baixa acompanhando os mercados asiáticos. O índice Taiwan Weighted caiu 1,75%, aos 7.147,75 pontos. Fabricantes de computadores pessoais puxaram o mercado para baixo após a Dell apresentar resultados decepcionantes.

Publicidade

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou no vermelho. O índice Kospi retrocedeu 1,10% aos 1.808,62, pontos, com os investidores realizando pesadas vendas de ações. Os setores químico e de tecnologia foram os maiores perdedores.

As preocupações com a Grécia também fizeram a Bolsa de Sydney, na Austrália, fechar em baixa. O índice S&P/ASX 200 caiu 1,31%, aos 4.067,00 pontos, zerando ganhos obtidos na terça-feira. Ações de mineradoras e de indústrias lideraram as perdas.

Nas Filipinas, a Bolsa de Manila também teve queda. O índice PSEi baixou 0,6% e terminou aos 4.928,53 pontos, com moderado volume de negociações. As informações são da Dow Jones.

Publicidade