Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Bolsas da Ásia têm números mistos; HK cai 0,7%

Por Da Redação 8 set 2011, 07h30

Por Ricardo Criez e Roberto Carlos dos Santos

Tóquio – As Bolsas da Ásia fecharam sem sinal definido nesta quinta-feira. Alguns mercados da região andaram de lado, na expectativa do discurso de hoje do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Outros reagiram mal a respeito das incertezas econômicas da China.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong, que seguiu o embalo negativo chinês, com a blue chip varejista Belle International pesando na balança. O índice Hang Seng caiu 135,18 pontos, ou 0,7%, e encerrou aos 19.912,82 pontos.

Na China, as Bolsas apresentaram queda. A presença de investidores em busca de ofertas de ocasião nas blue chips não foi suficiente para sustentar os ganhos, em meio às contínuas incertezas sobre os planos de Pequim para a política monetária. O índice Xangai Composto caiu 0,7% e encerrou aos 2.498,94 pontos. O índice Shenzhen Composto baixou 1% e terminou aos 1.100,53 pontos.

Depois de cinco sessões consecutivas de queda, o yuan teve valorização em relação ao dólar, após o Banco Central chinês reduzir a taxa de paridade central dólar-yuan (de 6,3968 yuans para 6,3889 yuans). No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3840 yuans, de 6,3940 yuans ontem – a moeda chinesa se valorizou 6,9% em relação à unidade dos EUA desde junho de 2010.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul se manteve em alta, em sessão na qual os investidores domésticos foram “compradores” e os bancos de investimentos e os investidores estrangeiros foram “vendedores”. O índice Kospi subiu 0,72% e encerrou aos 1.846,64 pontos.

Continua após a publicidade

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé encerrou em leve alta, após pregão instável. A maioria dos investidores ainda está no modo “conservador” diante das perspectivas incertas sobre a economia global. O índice Taiwan Weighted registrou avanço de 0,26% e terminou aos 7.548,37 pontos.

Já a Bolsa de Sydney, na Austrália, encerrou praticamente estável, com os fracos dados domésticos sobre emprego amortecendo o otimismo que vinha surgindo no mercado. O índice S&P/ASX 200 subiu apenas 0,11% e fechou aos 4.188,00 pontos.

Nas Filipinas, a Bolsa de Manila fechou em alta, ajudada pelos bons resultados em Wall Street. O índice PSEi avançou 0,96% e encerrou aos 4.356.73 pontos.

A Bolsa de Cingapura terminou em alta em meio às valorizações em seus pares regionais. O índice Straits Times recuperou as perdas iniciais e, na última hora, subiu 0,9%, fechando aos 2.856,9 pontos, devido à abertura em alta na Europa.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, avançou 0,1% e fechou aos 4.005,39 pontos, com ganhos em bancos e blue chips relacionados a empresas de produtos de consumo.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 0,3% e fechou aos 1.072,21 pontos, impulsionado pelos ganhos nos mercados regionais.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, ganhou 0,4% e fechou aos 1.469,83 pontos em meio aos mistos resultados das bolsas regionais. As informações são da Dow Jones

Continua após a publicidade
Publicidade