Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsas da Ásia sobem de olho na dívida europeia

TÓQUIO (Reuters) – As bolsas asiáticas registraram ligeiros ganhos nesta quinta-feira, refletindo as contínuas preocupações sobre os financiamentos soberanos para Espanha e Itália.

O índice MSCI para a região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,76 por cento às 8h24 (horário de Brasília), após quase a mínima em dez semanas na quarta-feira, na medida em que fortes dados de emprego da Austrália ajudaram a melhorar a confiança. As ações australianas ficaram entre as melhores performances, com alta de 0,8 por cento.

O índice Nikkei do Japão subiu 0,7 por cento, partindo do nível mais baixo em quase dois meses, o que foi atingido no dia anterior.

“O Nikkei subiu por uma recuperação técnica, após os preços terem caído, mas até os investidores começarem a focar nos lucros no último ano fiscal, os temores com a dívida europeia continuarão pesando e ditando a direção do mercado”, disse o presidente do Commons Asset Management em Tóquio, Tetsuro Ii.

Juntamente com dados recentes dos Estados Unidos e da China sugerindo uma desaceleração na recuperação da economia, renasceram preocupações sobre os planos fiscais da Espanha, assim como na Itália, apesar do leilão de dívida soberana do país ter sido melhor do que o esperado e após comentários de apoio de uma autoridade do Banco Central Europeu (BCE) sobre a Espanha.

O índice da bolsa de Hong Kong subiu 0,93 por cento, Cingapura ganhou 1,08 por cento. A bolsa de Taiwan teve leve alta de 0,08 por cento e o índice referencial de Xangai expandiu 1,82 por cento. O mercado em Seul recuou 0,39 por cento.