Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bolsas da Ásia fecham sem sinal definido; Coreia +0,9%

Por Da Redação 20 dez 2011, 07h05

Por Antonio Rogério Cazzali, Ricardo Criez e Roberto Carlos dos Santos

Tóquio – As bolsas da Ásia apresentaram números distintos nesta terça-feira. Por um lado, os mercados reagiram positivamente com a redução das preocupações de que a morte do líder norte-coreano Kim Jong-il poderia desestabilizar a península coreana. Por outro, continuou o desapontamento sobre a economia europeia, após o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, fazer uma avaliação sombria da situação.

A Bolsa de Hong Kong reagiu com peso idêntico aos dois fatores. Com isso, o índice Hang Seng fechou estável, com alta de apenas 9,99 pontos, ou 0,06%, e encerrou aos 18.080,20 pontos.

Na China, a Bolsa de Xangai também fechou praticamente estável, com os investidores andando de lado por conta das estreitas condições de liquidez. O índicde Xangai Composto caiu apenas 0,1% e terminou aos 2.215,93 pontos. Já o índice Shenzhen Composto perdeu 0,4% e encerrou aos 909,02 pontos.

O yuan caiu ante o dólar, seguindo a paridade diária da taxa de referência de câmbio da moeda, embora os traders acreditem que o banco central interveio pela terceira sessão seguida para prevenir um enfraquecimento maior da divisa chinesa. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3472 yuans, de 6,3378 yuans ontem. A taxa de paridade central dólar/yuan foi fixada em 6,3351 yuans, de 6,3303 yuans ontem.

Já a Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, fechou em alta com compras por parte de investidores locais, apesar das pesadas vendas dos investidores estrangeiros. Ao contrário da véspera, quando desabou 3,4%, a morte do ditador norte-coreano Kim teve hoje impacto limitado sobre o índice Kospi, que subiu 0,9% e terminou aos 1.793,06 pontos.

Continua após a publicidade

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, encerrou em alta, impulsionada por ganhos de empresas de tecnologia como a fabricante de smartphones HTC. O índice Taiwan Weighted avançou 0,44% e terminou aos 6.662,64 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney encerrou em ligeira baixa, lutando para ganhar impulso, com os investidores esperando boas notícias a partir da teleconferência entre os líderes da zona do euro, o que não ocorreu. O índice S&P/ASX 200 fechou com queda de 0,18% e terminou aos 4.053,10 pontos.

Já a Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou em alta impulsionada pelas blue chips. O índice PSE avançou 0,56% e encerrou aos 4.342,18 pontos.

A Bolsa de Cingapura fechou estável, ante preocupações com o cenário econômico mundial e as perspectivas para 2012. O índice Straits Times cedeu 0,1% e fechou aos 2.614,45 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, recuou 0,5% e fechou aos 3.752,34 pontos, com os investidores realizando lucros para o Natal e feriado de ano-novo.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, por sua vez, teve leve alta de 0,32% e fechou aos 1.036,87 pontos.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, cedeu 0,9% e fechou aos 1.465,17 pontos, também com realizações de lucros. As informações são da Dow Jones

Continua após a publicidade
Publicidade