Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Bolsas da Ásia fecham em queda; Xangai recua 1,1%

Por Da Redação
13 set 2011, 07h14

Por Ricardo Criez e Roberto Carlos dos Santos

Tóquio – As bolsas chinesas, assim como a maioria dos mercados asiáticos, apresentaram baixa nesta terça-feira, ainda sob o signo dos temores crescentes sobre a crise de débito europeia. Não houve negociações em Hong Kong e na Coreia do Sul por ser feriado.

Após o feriado da segunda-feira, os mercados da China reagiram à forte queda verificada na véspera nas demais bolsas da região. O índice Xangai Composto caiu 1,1% e encerrou aos 2.471,30 pontos. O índice Shenzhen Composto baixou 1,5% e terminou aos 1.077,13 pontos.

O yuan se desvalorizou em relação ao dólar, após o Banco Central chinês elevar a taxa de paridade central dólar-yuan (de 6,3922 yuans para 6,3982 yuans), em meio aos ganhos da moeda dos EUA nos mercados internacionais. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3991 yuans, de 6,3882 yuans ontem.

Continua após a publicidade

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em forte baixa, liderada pelas ações do setor financeiro. O índice Taiwan Weighted retrocedeu 2,88% e terminou aos 7.391,37 pontos.

Já a Bolsa de Sydney, na Austrália, subiu após a não convincente recuperação em Wall Street – baseada na especulação de que a China poderia comprar títulos italianos. O índice S&P/ASX 200 subiu 0,85% e terminou aos 4.072,70 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, encerrou praticamente estável. O índice PSEi recuou apenas 0,11% e fechou aos 4.292,91 pontos.

Continua após a publicidade

A Bolsa de Cingapura virou e fechou no negativo na última hora de negociação, após os fortes ganhos do início da sessão terem evaporado com a abertura em baixa das bolsas europeias. O índice Straits Times cedeu 0,5% e fechou aos 2.729,37 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, recuou 0,6% e fechou aos 3.874,78 pontos, com o crescimento da aversão ao risco e a desvalorização da rupia.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, estendeu as perdas de ontem e recuou 0,9%, fechando aos 1.031,67 pontos, pressionado pela virada para baixo nos mercados da Europa.

Continua após a publicidade

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,1% e fechou aos 1.448,00 pontos, perdendo os ganhos do início da sessão devido aos temores com a crise das dívidas na Europa. As informações são da Dow Jones

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.