Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsas da Ásia fecham em alta, impulsionadas por EUA

Por Antonio Rogério Cazzali e Roberto Carlos dos Santos

Hong Kong – As bolsas da Ásia se recuperaram nesta sexta-feira, após dados fortes do mercado de trabalho divulgados ontem nos EUA, conduzidas pelas ações das empresas matérias-primas e do setor financeiro, embora o volume de negociação tenha sido fraco antes do feriado do Natal.

O índice Hang Seng, da Bolsa de Hong Kong, subiu 250,94 pontos, ou 1,4%, para 18.629,17 pontos. A bolsa ficará fechada nos dias 26 e 27 de dezembro. China Coal subiu 3,6%, impulsionada pelo aumento de 6,6% das ações da Yanzhou Coal em razão do anúncio de uma fusão planejada com a australiana Gloucester. As desenvolvedoras imobiliárias subiram após uma recuperação técnica, à medidas que a perspectiva para o mercado imobiliário da ilha continua sombria por causa das medidas de aperto de Pequim. China Overseas Land (+2,9%) e China Resources Land (+1,9%).

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, fechou em alta, com forte movimento de compra de instituições nacionais e investidores estrangeiros, especialmente nos setores químico, automobilístico e de tecnologia. O índice Kospi subiu 1,10%, aos 1.867,22 pontos. A peso-pesado Samsung Electronics avançou 1,5%, enquanto Hynix teve valorização de 2,6%. LG Chem saltou 4,4%. No setor automotivo, as ações da Hyundai Motor subiram 0,7%.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipei também encerrou o dia em alta, estimulada pelas promessas recentes do governo para estabilizar a economia e pelos pedidos de auxílio-desemprego menores do que os esperados nos EUA. O índice Taiwan Weighted subiu 2,07%, aos 7.110,73 pontos. Ações do setor financeiro foram o destaque do dia: Cathay Financial e China Life subiram 7%, no seu limite diário. Fubon Financial avançou 6,1%. Os papéis de tecnologia também se beneficiaram do otimismo dos investidores. TSMC ganhou 0,5%, Hon Hai avançou 1,1% e HTC registrou alta de 0,8%.

Da mesma forma, a Bolsa de Sydney, na Austrália, fechou no azul, impulsionada pelos sinais de recuperação da economia norte-americana. O índice S&P/ASX 200 subiu 1,21%, aos 4.140,40 pontos. Papéis de empresas ligadas a commodities e à indústria avançaram em razão das boas notícias sobre o emprego e a confiança do consumidor nos EUA. A mineradora BHP Billiton avançou 1,4%; Rio Tinto subiu 2%.

Já a Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou praticamente estável, com os investidores à espera do Natal. O índice PSE subiu apenas 0,04%, aos 4.372,24 pontos. As informações são da Dow Jones.