Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bolsa sobe e dólar cai no último pregão antes do 1º turno

Ibovespa subiu 1,91% nesta sessão, mas acumulou perdas de 4,7% na semana. Dólar recuou para 2,47 reais

Por Da Redação 3 out 2014, 18h10

A Bolsa fechou no azul nesta sexta-feira em mais uma sessão marcada por especulações sobre a eleição presidencial, no último pregão antes da votação em primeiro turno, no domingo. O Ibovespa, principal índice da BM&FBovespa, subiu 1,91%, a 54.539 pontos neste último. O volume financeiro da sessão somou 6,89 bilhões de reais. Na semana, o índice caiu 4,7%.

Pelas últimas pesquisas eleitorais, o concorrente de Dilma Rousseff no segundo turno não está ainda definido. Aécio Neves, candidato do PSDB, está tecnicamente empatado com Marina Silva (PSB). O mercado tem reagido positivamente quando um dos dois candidatos sobe nas pesquisas, movimento que ocorre de forma inversa quando há melhora de Dilma.

O setor de siderurgia foi destaque no noticiário corporativo, com os papéis da Usiminas registrando a maior alta percentual do Ibovespa, após a Ternium anunciar na véspera acordo para comprar ações ordinárias da siderúrgica brasileira, que pertencem ao fundo de pensão Previ, com um prêmio superior a 80%.

Leia também:

Dilma e Aécio polarizam debate eletrizante na TV

Continua após a publicidade

Datafolha: Aécio empata com Marina no 2º lugar

Câmbio – O dólar subiu ante o rea e chegou a superar o nível de 2,50 reais durante a manhã, mas as especulações em torno do avanço de Aécio deram fôlego ao real. A moeda americana encerrou esta sexta-feira com recuo de 0,60%, a 2,4730 reais. Na semana, acumulou valorização de 2,44%. No ano, a alta é de 4,97%. O giro financeiro registrado pela BM&FBovespa somou 3,061 bilhões de dólares.

Leia mais:

Dólar dispara e fecha em R$ 2,48, recorde em 6 anos

Instituto prevê alta do dólar em países emergentes

(Com agência Reuters e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade