Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BOLSA EUROPA-Índices caem com EUA e temores sobre China

(Texto atualizado com mais informações)

LONDRES, 8 Jun (Reuters) – Os principais índices europeus fecharam em queda nesta sexta-feira, interrompendo quatro dias de rali, com investidores desapontados com a falta de estímulos monetários nos Estados Unidos e posicionados para possíveis dados fracos sobre a economia chinesa no fim de semana.

Segundo números preliminares, o índice FTSEurofirst 300 , que reúne as principais ações europeias, fechou em queda de 0,30 por cento, aos 981 pontos.

O índice dos papéis de recursos básicos caiu 2,83 por cento, liderando uma onda de vendas depois que o Federal Reserve (banco central norte-americano) anulou as esperanças no mercado por novas injeções monetárias.

O mercado teme ainda ainda que o corte surpresa na taxa básica de juros da China se traduza em dados econômicos mais fracos que o esperado no fim de semana, como os de preços ao consumidor.

“Ontem (o chairman do Fed, Ben) Bernanke desapontou e o mercado reagiu mal”, avaliou o diretor-gerente do B Capital Wealth Management, Lorne Baring.

“Ações são atraentes nos níveis atuais, mas precisamos ter cautela devido… a crise na Europa e o risco de uma desaceleração chinesa”, completou.

O IBEX 35, principal índice da bolsa espanhola, subiu 1,77 por cento, na contramão da maioria dos indicadores acionários, em meio a expectativas de que a Espanha possa pedir ajuda à zona do euro no fim de semana, a fim de recapitalizar seus bancos.

Em LONDRES, o índice Financial Times caiu 0,23 por cento, a 5.435 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX <.GDAX perdeu 0,22 por cento, para 6.130 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 recuou 0,63 por cento, a 3.051 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib desvalorizou-se 0,74 por cento, para 13.445 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 teve alta de 1,77 por cento, a 6.552 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 ganhou 0,38 por cento, para 4.529 pontos.

(Reportagem de Francesco Canepa)

REUTERS FR PD