Clique e assine a partir de 9,90/mês

BOLSA EUROPA-Índice avança com expectativa de acordo na Grécia

Por Da Redação - 31 jan 2012, 14h22

(Texto atualizado com mais informações)

LONDRES, 31 Jan (Reuters) – As ações europeias subiram nesta terça-feira, com renovadas esperanças de um acordo para a dívida da Grécia, embora os ganhos tenham sido limitados por dados mais fracos que o esperado nos Estados Unidos, que lançaram dúvidas sobre a força da maior economia mundial.

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias fechou em alta de 0,7 por cento, aos 1.037 pontos, em números preliminares. No mês de janeiro, o índice acumulou ganho de 3,6 por cento.

A quase falida Grécia lutou para mostrar aos seus credores estrangeiros nesta terça-feira que pode forçar cortes de gastos e reformas trabalhistas em troca de um acordo crucial de troca de dívida e de um pacote de ajuda de 130 bilhões de euros necessário para evitar um default desordenado.

Continua após a publicidade

“As pessoas se tornaram mais otimistas em relação a um resultado positivo (sobre a Grécia) e agora estão se concentrando em dados econômicos e corporativos fundamentais”, disse o diretor de ações internacionais da Legal & General Ian King.

“Precisamos de mais uma elevação nos indicadores econômicos para justificar o recente movimento nos mercados.”

Os preços das casas nos Estados Unidos caíram mais fortemente do que o esperado em novembro, e a confiança do consumidor piorou em janeiro, realçando os obstáculos que a recuperação econômica ainda enfrenta.

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 0,19 por cento, a 5.681 pontos.

Continua após a publicidade

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,22 por cento, para 6.458 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,01 por cento, a 3.298 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve alta de 0,48 por cento, para 15.828 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 recuou 0,09 por cento, a 8.509 pontos.

Continua após a publicidade

Em LISBOA, o índice PSI20 subiu 0,44 por cento, para 5.325 pontos.

(Reportagem de Brian Gorman)

REUTERS HBB PD

Publicidade