Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

BOLSA EUROPA-Confiança empresarial alemã ajuda mercado a subir

Por Da Redação 20 dez 2011, 07h54

PARIS, 20 de dezembro (Reuters) – As bolsas de valores da Europa operavam em alta nesta terça-feira, em meio a um volume baixo de negócios, com a notícia de um aumento na confiança empresarial alemã ofuscando preocupações persistentes sobre a crise de dívida da zona do euro.

Às 8h52 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 subia 0,69 por cento, aos 964 pontos, após o tombo de 4,3 por cento sofrido nas últimas duas semanas.

As ações ligadas a saúde declinavam, porém. Os papéis da farmacêutica AstraZeneca caíam 2,5 por cento depois que a companhia disse que seu medicamento para câncer olaparib não entrará na fase final de testes, enquanto o antidepressivo experimental TC-5214 não conseguiu cumprir os objetivos na segunda fase dos estudos.

Suas rivais também perdiam terreno, com GlaxoSmithKlinerecuando 1,2 por cento e Novartis se depreciando 0,6 por cento.

As bolsas recuavam mais cedo, com investidores preocupados sobre comentários do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, que jogou um balde de água fria nas esperanças por compras de bônus mais agressivas.

Mas dados mostraram que a confiança empresarial da Alemanha subiu com força em dezembro, contrariando expectativas de declínio e destacando o ímpeto da maior economia da Europa .

Apesar dos preços atraentes das ações, os investidores têm hesitado em comprar ações antes de testes cruciais no mercado de bônus durante o primeiro trimestre de 2012. De acordo com o BCE, cerca de 230 bilhões de euros em bônus bancários e entre 250 e 300 bilhões em bônus governamentais expiram nos primeiros três meses do ano que vem.

Continua após a publicidade

Em LONDRES, o índice Financial Times tinha alta de 0,07 por cento, a 5.369 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subia 1,14 por cento, para 5.735 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 1,24 por cento, para 3.011 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de 1,45 por cento, para 14.758 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 avançava 1,38 por cento, para 8.367 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 tinha alta de 0,54 por cento, para 5.357 pontos.

(Reportagem de Blaise Robinson; reportagem adicional da redação de Berlim)

REUTERS MP HBB

Continua após a publicidade
Publicidade