Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BOLSA EUA-Mercado opera em queda, pressionado por bancos

NOVA YORK, 19 de dezembro (Reuters) – As bolsas de valores dos Estados Unidos operavam em queda nesta segunda-feira, com a força de ações ligadas a consumo e saúde sendo ofuscada pelas baixas no setor bancário, ante preocupações com possíveis rebaixamentos de ratings na Europa e com a Coreia do Norte, após a morte de seu líder.

As bolsas chegaram a apresentar uma recuperação no início do pregão, após queda de quase 3 por cento no acumulado da semana passada, mas um relatório do Banco Central Europeu (BCE) divulgado nesta tarde piorou o humor dos innvestidores. O documento alertou para as chances maiores de dois grandes bancos entrarem em default.

Dando certo suporte ao mercado, planos surgiam para resolver a crise de dívida da Europa enquanto ministros das Finanças do continente discutiam um esboço de texto para um novo “pacto fiscal”, que pode ser finalizado até o fim de janeiro.

Depois que um acordo foi firmado para oferecer 150 bilhões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI), de modo a elevar sua capacidade de combate à crise, as autoridades europeias também estão considerando o tamanho dos empréstimos bilaterais inviduais ao fundo.

Às 14h54 (horário de Brasília), o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, caía 0,51 por cento, para 11.806 pontos. O índice Standard & Poor’s 500 recuava 0,71 por cento, a 1.211 pontos.

O termômetro de tecnologia Nasdaq perdia 0,52 por cento, para 2.542 pontos.

Os negócios devem ser voláteis, com os investidores olhando de perto os acontecimentos na Europa e na Coreia do Norte. A nação asiática enfrenta a morte do líder Kim Jong-il e a mídia estatal anunciou seu filho inexperiente como “Grande Sucessor” no comando do Estado reclusivo.

(Por Angela Moon)

REUTERS MP HBB