Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

BOLSA EUA-Índices operam positivos com avanço em serviços nos EUA

Por Da Redação 5 jun 2012, 12h38

NOVA YORK, 5 Jun (Reuters) – Os principais índices acionários dos Estados Unidos subiam nesta terça-feira, liderados por ações do setor financeiro recentemente golpeadas, depois que dados mostraram que o setor de serviços norte-americano cresceu em ritmo um pouco mais rápido que o esperado em maio.

Às 12h15 (horário de Brasília), o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançava 0,09 por cento, para 12.112 pontos. O índice Standard & Poor’s 500 tinha valorização de 0,32 por cento, para 1.282 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subia 0,36 por cento, para 2.770 pontos.

O ritmo de crescimento do amplo setor de serviços dos EUA teve ligeira alta em maio, com as novas encomendas mostrando melhora, de acordo com relatório do Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) divulgado nesta terça-feira.

O ISM informou que seu índice de serviços subiu para 53,7 ante 53,5 em abril, ficando um pouco acima das previsões dos analistas, que esperavam estabilidade.

“O mercado (de ações) é muito temeroso quanto a dados econômicos. Mesmo que ficasse em linha com as expectativas haveria um suspiro de alívio por não ter sido pior”, avaliou o estrategista de ações da Miller Tabak & Co, em New York, Peter Boockvar.

Continua após a publicidade

“A Europa obviamente é uma preocupação, mas temos vendido por semanas nisso. Dados um pouco melhores que o esperado em serviços, que compõem a maior parte da economia dos EUA, é um sinal de alívio para muitos dos pessimistas”, completou.

Nesta terça-feira, operadores também se esforçaram para interpretar declarações sobre a reunião de emergência no G7, grupo que reúne os sete países mais industrializados, enquanto a crise na zona do euro aumenta.

O Departamento do Tesouro dos EUA informou que ministros das Finanças do grupo discutiram avanços na direção de uma união financeira e fiscal na Europa.

(Reportagem de Rodrigo Campos)

REUTERS FR PD

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês