Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bolsa de valores da Grécia deve retomar operações nesta terça

Fechamento de três semanas da Bolsa de Atenas veio junto com a imposição de feriado bancário e controles de capital

Por Da Redação 27 jul 2015, 12h08

A bolsa de valores da Grécia permanecerá fechada nesta segunda-feira, mas deverá reabrir na terça-feira após um fechamento de três semanas que veio junto com a imposição de um feriado bancário e controles de capital. “É certo que não reabrirá na segunda, mas talvez na terça”, disse um porta-voz da Bolsa de Valores de Atenas à agência Reuters. Outra pessoa com relação direta com o assunto confirmou que as autoridades gregas planejam reabrir a bolsa na terça.

A bolsa permanece fechada desde o dia 29 de junho, quando Atenas fechou seus bancos em dificuldade e impôs controle de capital para conter uma corrida às poupanças que poderia ter levado ao colapso o já fragilizado sistema financeiro grego. O fechamento pôs em risco o lugar da bolsa de Atenas nos índices globais de segurança financeira.

Leia também:

Parlamento grego discute o segundo pacote de reformas

S&P eleva nota da Grécia – mas vê risco de saída da zona do euro

Continua após a publicidade

Na última segunda-feira os bancos reabriram e a Grécia enviou um ofício pedindo opinião ao Banco Central Europeu (BCE) sobre o retorno das operações da bolsa já nesta segunda-feira. O funcionário da Bolsa de Valores de Atenas disse apenas que a Grécia precisaria de mais tempo para finalizar os detalhes que permitiriam a reabertura da bolsa baseado no aval do BCE.

Em meio à crise financeira, os depósitos nos bancos gregos caíram 8 bilhões de euros em junho, para 127,5 bilhões de euros, mostraram nesta segunda-feira dados do BCE, uma vez que os correntistas e as empresas sacaram dinheiro em meio a temores de que o país possa sair da zona do euro. Trata-se do menor nível de depósitos desde o final de 2003.

Resgate – Ainda nesta segunda-feira, a Comissão Europeia disse que as conversas entre a Grécia e as instituições credoras sobre o terceiro resgate começaram em Atenas após um atraso de alguns dias.

“O trabalho teve início, o que quer dizer que as instituições estão conversando com as autoridades gregas”, disse uma porta-voz da Comissão. As conversas deveriam ter começado na semana passada, mas foram adiadas por questões organizacionais.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade