Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsa de Tóquio recupera 0,7% com baixa do iene

Por Dow Jones

Tóquio, 12 – Com ganhos modestos, a Bolsa de Tóquio, no Japão, encerrou nesta quinta-feira sete pregões seguidos de queda. A pausa na valorização do iene e a redução das preocupações sobre os problemas da dívida soberana europeia ajudaram as ações de peso pesados, como Fanuc e Hitachi Construction Machinery, a alavancar o mercado.

O Nikkei ganhou 66,05 pontos, ou 0,7%, e terminou aos 9.524,79 pontos, após queda de 0,8% na sessão de quarta-feira, quando apresentou o pior resultado em sete semanas. O volume de negociações recuou para 1,8 bilhão de ações.

O índice abriu em alta, mas teve de se esforçar para ficar fora da faixa negativa na maior parte das negociações na sessão da manhã, apesar dos sólidos ganhos nos países europeus e nas bolsas norte-americanas, na sequência da queda nas taxas de empréstimos dos governos espanhol e italiano. O iene também se desvalorizou ante o dólar e o euro.

“O sentimento geral continua a ser relativamente de não arriscar”, disse um analista de uma corretora estrangeira. “Os mercados norte-americanos, especialmente o Nasdaq, tiveram um bom desempenho, mas o habitual efeito cascata não estava lá. Depois de um primeiro trimestre estelar, os players ainda estão confortáveis tirando dinheiro da mesa.”

A trepidação sobre um possível lançamento de míssil norte-coreano provavelmente também pesou sobre o sentimento dos investidores, disse Yoshihiro Okumura, gerente geral de pesquisas da Chibagin Asset Management. O risco geopolítico pode ter mantido os investidores sobre as cercas, completou o analista.