Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Bolsa de Tóquio cai 0,4% com resistência aos 10 mil

Por Da Redação
12 mar 2012, 06h38

Por Dow Jones

Tóquio, 12 – A Bolsa de Tóquio fechou em queda nesta segunda-feira. A resistência técnica à marca dos 10 mil pontos foi suficiente para compensar um iene mais fraco e os sólidos dados econômicos, prejudicando as ações de Canon, Komatsu e das principais exportadoras.

O Nikkei perdeu 39,88 pontos, ou 0,4%, e terminou aos 9.889,86 pontos, após alta de 1,7% na sessão de sexta-feira. O volume de negociações totalizou 2,26 bilhões de ações, depois do recorde anual de 3,48 bilhões de ações obtido no pregão anterior.

O índice abriu em alta, acima dos 10 mil pontos, ajudado em grande parte pela valorização do dólar, após os números do emprego dos EUA terem vindo mais fortes do que o esperado. Os robustos pedidos de maquinário do Japão também foram positivos para o mercado.

Continua após a publicidade

A forte resistência técnica, contudo, empurrou o índice para baixo ao longo do dia. O Nikkei permanece carregado com opções de posições e outros produtos estruturados com preços de exercício ao redor de 10 mil, disseram analistas. A queda na maioria das bolsas asiáticas, assim como a realização de lucros para bloquear os pagamentos de dividendos no fim do ano fiscal, foram suficientes para impulsionar o índice de referência abaixo do ponto de equilíbrio na última hora de negociação.

“O muro dos 10 mil pontos é firme”, disse Fumiyuki Nakanishi, gerente geral de investimentos e pesquisas da SMBC Friend Securities, acrescentando que o foco agora está nos movimentos do Banco do Japão (BOJ) e nas futuras reuniões do FOMC.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.