Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bolsa de Tóquio avança 1,7% após dados dos EUA

Por Da Redação 6 out 2011, 07h25

Por Hélio Barboza

Tóquio – A Bolsa de Tóquio passou por um rali, com a aversão ao risco diminuindo um pouco e os investidores voltando a acumular ações ligadas a commodities, como JX Holdings, ao setor de maquinários, como Fanuc e financeiras, como Daiwa Securities. O índice Nikkei 225 adicionou 139,04 pontos, ou 1,7%, para 8.522,02 pontos. O ganho pôs fim a uma sequência de quatro dias de perdas, durante os quais o índice perdeu 3,7%.

O mercado abriu em alta e permaneceu no terreno positivo por todo o pregão, na medida em que os investidores foram encorajados a assumir mais riscos depois da divulgação de indicadores macroeconômicos melhores do que o esperado nos EUA e diante da expectativa de uma ação coordenada dos governos da zona do euro com planos de contingência para os bancos da região.

O foco dos investidores agora se volta para a reunião do Banco Central Europeu (BCE), ainda nesta quinta-feira. Espera-se que o banco deixe inalterada sua taxa básica de juros, o que, se confirmado, pode disparar recompras de euro, o que por sua vez sustentaria as ações de exportadoras do Japão expostas à região da moeda única. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade