Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsa da Líbia reabre após mais de um ano

Por Marie-Louise Gumuchian

TRÍPOLI, 15 Mar (Reuters) – A Bolsa de Valores da Líbia voltou a operar nesta quinta-feira após mais de 12 meses parada, enquanto o país retoma os negócios depois dos conflitos que derrubaram o presidente Muammar Gaddafi.

Funcionários gritaram “Allahu Akbar!” – “Deus é bom” – ao tocar o sino e anunciar o reinício das operações da bolsa, que, segundo os defensores, funcionará sem as restrições da era de Gaddafi.

“As pessoas estão com medo de vir à Líbia por causa da violência. Agora podemos mostrar que o país está voltando ao normal”, disse, sob condição de anonimato, um empresário de Dubai que estava de visita.

Depois dos 90 minutos de operação diários, a bolsa fechou estável em relação ao fechamento de fevereiro do ano passado, a 1.437,69 pontos.

A única ação que mostrou algum movimento no grande painel eletrônico foi a do banco Tijara, cujos papéis subiram levemente. No entanto, o volume – 452 ações negociadas – não foi o suficiente para ter impacto sobre o índice.

“Houve poucos compradores e vendedores. As pessoas estão com medo da queda dos preços”, disse o corretor Ahmed Mejburi, da Economic Group Libya. “A bolsa ficou fechada por um ano. Vai começar devagar e se recuperar pouco a pouco”, acrescentou.

As companhias listadas na bolsa têm um valor de mercado combinado de 3,9 bilhões de dinares líbios (3 bilhões de dólares), disse o diretor-geral Ahmed Karoud no mês passado.

REUTERS DFG RVB