Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsa abre em alta, mas oscila com volatilidade

O principal índice da bolsa de valores brasileira, o Ibovespa, abriu com alta de 0,16%, mas já entrou suas vezes no campo negativo

O principal índice da BM&F Bovespa, o Ibovespa, abriu a sessão com alta de 0,16%, aos 50.494 pontos, mas já amarga perda de 1,15% e 49.835 pontos às 13h00 (horário de Brasília), abaixo novamente de 50 mil pontos. Na quinta-feira a bolsa fechou em alta de 2,51% (50.414,89 pontos), com Vale e Petrobras compensando a queda das ações do grupo EBX. As ações da OGX, braço de petróleo da holding de Eike Batista, chegaram cair para menos de 1 real cada, com a desconfiança dos investidores pesando.

As seis empresas do grupo EBX, de Eike Batista, que estão listadas na Bolsa de Valores somaram perdas de 16,6 bilhões de reais em valor de mercado em 2013, até o fechamento do pregão de quarta-feira. Trata-se de uma queda de 58,3% em apenas seis meses – em 31 de dezembro do ano passado, as companhias eram avaliadas em 28,5 bilhões de reais, segundo um levantamento da Economatica.

Nesta sexta, as ações da OGX subiam 2,86%, a 1,08 real por papel – é o quarto maior ganho do índice neste início de tarde. A Eletrobras (+4,39%, a 6,42 reais), Ambev (+3,08%, a 79 reais) e Banco do Brasil (+2,06%, a 23,28 reais) estão também entre as altas. Do lado negativo, o papel que mais Gafisa perdem 5,03%, a 3,40 reais cada, as ações ordinárias e preferenciais da Oi também caem 4,8% (4,56 reais) e 3,76% (4,10 reais).

Depois de abrir o dia em queda de 0,34%, com a cotação de 2,1260 reais, o dólar já testou altas no pregão desta sexta-feira e opera também com volatilidade.

Leia também:

Dólar abre último pregão em queda, mas opera instável