Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BOJ mantém inalterada a taxa de juros, entre 0% e 0,1%

Por Dow Jones

Tóquio, 24 – O Banco do Japão (BOJ) decidiu hoje manter inalterada a política monetária pelo terceiro mês seguido, ao mesmo tempo em que reduziu as previsões para o crescimento econômico nipônico. Por unanimidade, no final do seu segundo dia de reunião, a diretoria do banco central japonês votou pela manutenção da sua taxa de juros na faixa entre 0% e 0,1%.

“A atividade econômica do Japão tem estado mais ou menos estável, principalmente devido aos efeitos da desaceleração nas economias internacionais e à valorização do iene”, informou o BOJ, em comunicado divulgado junto com a decisão sobre a taxa de juros.

O banco central informou ainda que rebaixou as previsões para o PIB real, a uma contração de 0,4% para este ano fiscal e um ganho de 2,0% para o próximo ano, a partir de suas projeções anteriores de alta de 0,3% e ganho de 2,2%, respectivamente.

O BOJ ainda espera que a mudança ano a ano no índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês), excluindo alimentos voláteis, seja de 0,5% no ano fiscal de 2013. Este é um sinal de que o banco central acredita que a deflação persistirá em 2014, fato que deverá fazer o BOJ manter afrouxada a política monetária até lá. Para a diretoria do BOJ, um CPI de 1,0% ano a ano é um termômetro da estabilidade de preços.

Muitos economistas esperavam mesmo que o BOJ deixasse a política monetária em compasso de espera, à medida que diminuíram as tensões nos mercados financeiros. Contudo, eles apostam em novas medidas de redução do aperto monetário caso o iene ressurja forte e ameace a recuperação econômica da nação.