Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

BNDES lucra R$ 5,741 bilhões no 1º semestre

Resultado é 67,8% superior ao mesmo período de 2013 e foi favorecido pelo desempenho positivo da BNDESPar

Por Da Redação 22 ago 2014, 12h35

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro líquido de 5,471 bilhões de reais no primeiro semestre de 2014, resultado 67,8% maior do que o visto em igual período de 2013. Conforme nota divulgada nesta sexta-feira pela instituição, o lucro foi impulsionado pelo bom desempenho da empresa de participações do banco, a BNDESPar. De janeiro a junho, a BNDESPar lucrou 2,148 bilhões de reais, superando em 236,4% o valor do primeiro semestre do ano passado.

Além da BNDESPar, o lucro do banco de fomento incorporou os resultados também da Finame, agência de financiamento a vendas de máquinas e equipamentos. A atividade bancária em si teve resultado semestral de 2,994 bilhões de reais, ante 1,969 bilhão de reais em 2013, enquanto a Finame lucrou 330,9 milhões de reais (abaixo dos 443,9 milhões de reais do ano passado).

Leia ainda: Justiça obriga BNDES a dar detalhes de seus empréstimos à população

BNDES também financiará aeroportos de Cuba, diz jornal

Sobe para 13 número de bancos que vão financiar distribuidoras de energia

Ainda de acordo com o BNDES, contribuiu para o lucro o “crescimento de 108,2% do resultado com participações societárias, que passou de 1,779 bilhão de reais no primeiro semestre de 2013 para 3,703 bilhões de reais no mesmo período deste ano”.

O BNDES também reportou aumento de 19,3% do resultado de intermediação financeira, registrando 5,994 bilhões de reais no primeiro semestre, ante 5,025 bilhões de reais na primeira metade do ano passado. “A expansão foi consequência do crescimento da carteira de crédito e repasses, da gestão dos recursos de tesouraria e da melhora do resultado com provisão para risco de crédito”, informou o banco.

O patrimônio de referência, que determina a capacidade de financiamento do banco, atingiu 110,458 bilhões de reais em junho de 2014, ante 108,669 bilhões de reais registrados em dezembro de 2013 e 96,021 bilhões de reais em junho do ano passado.

(Com Reuters e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade