Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

BNDES deve liberar até R$ 4,5 bi para energia alternativa

Em 2011, o BNDES destinou 3,3 bilhões de reais para os empreendimentos de energia alternativa

Por Da Redação 14 fev 2012, 12h30

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estima desembolsos entre 4 bilhões e 4,5 bilhões de reais para empreendimentos de energias alternativas em 2012, disse nesta terça-feira o chefe do departamento de Energias Alternativas do banco de fomento, Antonio Carlos Tovar. No ano passado, foram destinados 3,3 bilhões de reais para esse modelo de empreendimentos.

“Estamos trabalhando na casa de 4 a 4,5 bilhões de reais em desembolsos e talvez uma aprovação um pouco maior”, disse Tovar após participar de evento sobre financiamento para o setor elétrico. Para o setor de infraestrutura como um todo, o banco trabalha com uma perspectiva de aumento entre 20 e 25% nos desembolsos em 2012.

Somente para os grandes projetos hídricos, Tovar disse que os desembolsos devem aumentar de 15 a 20%. Enquanto o setor termelétrico a gás também deve crescer nos próximos anos, mas condicionado à disponibilidade de gás natural.

No segmento de energia eólica, Tovar voltou a afirmar que a maioria dos projetos tem obtido alavancagem entre 60 e 65%, sem alcançar o teto de 80% que o BNDES permite. “O fluxo de caixa do projeto muitas vezes não comporta uma alavancagem acima de 65 por cento”, disse. O coordenador explicou que esta é uma das consequências de preços muito competitivos praticados nos contratos dos leilões.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade