Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

BNDES descarta entrar no capital da Neoenergia

Por Da Redação 9 dez 2011, 09h59

Por Mônica Ciarelli

Rio – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) não cogita entrar no capital da Neoenergia em uma reestruturação societária, segundo uma fonte ligada à instituição. Em sua edição de hoje, o jornal “Valor Econômico” afirma que a empresa espanhola Iberdrola, que detém atualmente 39% do capital, seria a nova controladora da companhia, com cerca de 60% do capital.

No novo desenho, o BNDES se tornaria sócio estratégico, com até 15% de participação, conforme a reportagem. Segundo o jornal, a entrada da instituição no negócio teria sido determinada pela presidente da República, Dilma Rousseff. Na troca de cadeiras, a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, reduziria sua fatia de 49,01% para 25%, enquanto o braço de investimentos do banco, que possui 11,99%, deixaria a empresa.

Publicidade