Clique e assine a partir de 9,90/mês

BNDES aprova R$ 415 mi para saneamento básico do PAC

Por Da Redação - 10 jul 2012, 16h58

Por AE

Rio – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta terça-feira empréstimos de cerca de R$ 415 milhões para investimentos em saneamento básico em quatro estados. Os recursos financiarão projetos das empresas de água e esgoto do Rio Grande do Sul, do Paraná, do Ceará e da Bahia. Todos os projetos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O maior empréstimo será concedido à gaúcha Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), que receberá R$ 220,1 milhões. O projeto da Corsan prevê a ampliação dos sistemas de abastecimento de água nos municípios de Arroio do Sal, Capão da Canoa, Nova Prata, Torres e Xangri-lá, a expansão do sistema de esgotamento sanitário de Tramandaí e a implantação do sistema de esgoto em Carlos Barbosa, Horizontina, Imbé, Soledade, Três Coroas e Xangri-lá.

Segundo o BNDES, serão beneficiadas 450 mil pessoas no total. Os investimentos incluem obras civis e aquisição de máquinas e equipamentos, gerando 70 empregos diretos definitivos e 2.320 temporários. Além disso, serão criados 5.630 empregos temporários indiretos.

Continua após a publicidade

Na Bahia, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) receberá financiamento de R$ 85,2 milhões para ampliação dos sistemas integrados de abastecimento de água das cidades de Amélia Rodrigues, Andorinha e Santo Estevão e implantação do sistema de esgotamento sanitário de Caravelas. O projeto atenderá 196 mil pessoas.

Segundo o BNDES, a participação do financiamento no investimento total será de 85,6% (na intervenção de esgotamento sanitário) e de 90,4% (nas obras de abastecimento de água). Do total a ser financiado, 94% destinam-se a obras civis e aquisição de materiais hidráulicos. Os 6% restantes serão aplicados na execução de trabalho social, nas ações de preservação ambiental e no gerenciamento do empreendimento.

Por sua vez, a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) terá apoio financeiro de R$ 81,5 milhões. A participação do BNDES será de 93,3% dos itens financiáveis. O projeto da Sanepar visa a ampliar os sistemas de abastecimento de água dos municípios de Jacarezinho, Mandaguaçu e São João do Ivaí; expandir os sistemas de esgotamento sanitário de Bela Vista do Paraíso, Mandaguaçu, Marmeleiro, Paraíso do Norte, Rio Negro e Santa Terezinha do Itaipu; e implantar os sistemas de esgotamento sanitário de Centenário do Sul, Salto do Lontra, Tamarana e Terra Roxa.

Ao longo da execução das obras, serão criados 125 novos empregos diretos e serão contratados 1.728 trabalhadores indiretos. No quarto estado com financiamento aprovado nesta terça-feira, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) receberá empréstimo de R$ 28,4 milhões para ampliar o ramal sul do sistema integrado de abastecimento de água da Serra do Ibiapaba. O financiamento do BNDES será de 90% do investimento total.

Continua após a publicidade

O projeto contempla obras para estações elevatórias, adução e armazenamento de água, atendendo os municípios de Carnaubal, Graça, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, Mucambo, Pacujá, São Benedito e Ubajara.

Publicidade