Clique e assine a partir de 8,90/mês

BMW anuncia construção de fábrica em Santa Catarina

Unidade deve criar mil empregos diretos e cinco mil indiretos, segundo o presidente

Por Da Redação - 8 abr 2013, 13h19

O presidente do BMW Group do Brasil, Arturo Piñero, fez nesta segunda-feira, em Florianópolis (SC), o anúncio oficial da primeira fábrica da montadora no país, em Araquari (SC), com investimentos previstos de 200 milhões de euros (cerca de 520 milhões de reais) e capacidade de produção de 32 mil veículos por ano. A unidade deve totalizar uma receita de 20 bilhões de reais nos próximos cinco anos, mil empregos diretos e 5 mil empregos indiretos.

A fábrica deve ser inaugurada até o final de 2014 e os primeiros veículos sairão da linha de montagem no início de 2015. “A BMW tem 28 operações em 13 países, uma rede de vendas em 140 países e fábricas na Inglaterra, Alemanha e Estados Unidos. Como brasileiro, só posso estar feliz com a decisão do grupo”, disse Piñero, em pronunciamento no evento na capital catarinense, com a presença, entre outros, dos ministros Fernando Pimentel (Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior) e Ideli Salvatti (Secretaria de Relações Institucionais).

Leia também:

Presidente da BMW do Brasil deixa o cargo e empresa

BMW anuncia recall de mais de 600 carros do modelo X5

Montadora que não cumprir meta do Inovar-Auto levará multa

Piñero não revelou qual modelo será produzido na unidade, mas as apostas do mercado se referem aos modelos da Série 1 (o utilitário esportivo X1) ou da Série 3. “A fábrica significa um compromisso profundo para o país, apoiando as decisões do governo de transferência de tecnologia”, disse o executivo, referindo-se ao Inovar-Auto, regime automotivo brasileiro lançado no ano passado.

Além da fábrica, a BMW terá um escritório e um centro de treinamento de 8 mil metros quadrados em Joinville, que ficará pronto em julho. O presidente do BMW Group do Brasil revelou que partiu do governo catarinense a decisão de propor à montadora a construção da fábrica de veículos. “O estado de Santa Catarina nos procurou espontaneamente para dizer que receberia a fábrica. A empreitada deu certo e hoje estamos aqui”, disse. “Discussões e ajustes terão de ser feitos, mas faremos uma história de sucesso.”

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade