Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

BM&FBovespa suspende negociações de papéis da OSX

A Bolsa de Valores emitiu comunicado dizendo que a suspensão se deve ao iminente pedido de recuperação judicial da empresa

Por Da Redação 11 nov 2013, 14h18

As ações da empresa de construção naval OSX, que pertence ao conglomerado de Eike Batista, tiveram suas negociações suspensas nesta segunda-feira diante da expectativa de que a companhia entre com o pedido de recuperação judicial.

Leia também:

OGX, de Eike, propõe mudança de nome para Óleo e Gás Brasil S.A

Prestes a pedir recuperação, OSX tenta driblar processos

Em fato relevante divulgado nesta segunda, a BM&FBovespa informou que “ficam suspensos os negócios com as ações de emissão dessa empresa a partir do pregão de hoje (11/11/2013), no aguardo da confirmação da efetiva entrada em juízo do pedido de recuperação judicial”. A Bolsa também solicitou aos controladores que apresentem os documentos que comprovam o pedido.

Continua após a publicidade

Na última sexta-feira, a OSX comunicou ao mercado que seu Conselho de Administração aprovou o ajuizamento de pedido de recuperação judicial. A medida, diz o documento, terá de ser ratificada em nova assembleia marcada para o próximo dia 28.

Com dívida acima de 5 bilhões de reais, a OSX se torna a segunda empresa controlada por Eike a recorrer à proteção da Justiça para evitar a falência, seguindo os passos da petroleira OGX.

Leia ainda:

Caixa confirma refinanciamento de empréstimo de R$ 400 mi à OSX

OSX demite presidente e aprova pedido de recuperação judicial

Continua após a publicidade
Publicidade