Clique e assine com 88% de desconto

Black Friday: produtos mais desejados devem ter os menores descontos

Consumidor deve comparar preços e se planejar antes de comprar. Uma dica é observar se o custo do frete não vai tirar a vantagem da promoção

Por Redação - Atualizado em 22 nov 2018, 21h05 - Publicado em 22 nov 2018, 19h41

Não se engane com a Black Friday. As lojas oferecem descontos que giram de 20% a 25%, em média, na promoção que acontece na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças, comemorado hoje nos Estados Unidos. Os maiores descontos dificilmente serão encontrados nos produtos mais desejados pelos consumidores, como smartphones, eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

“Os produtos mais vendidos dificilmente terão os maiores descontos em termos porcentuais, pois são itens em que as margens de venda são menores e o valor costuma ser maior”, afirma Thiago Flores, CEO da Zoom, empresa de monitoramento de preços.

Segundo ele, os maiores descontos porcentuais devem ser dados em itens de menor valor ou menos vendidos. “Depende muito da estratégia do lojista, mas é difícil encontrar grandes ofertas para smartphones recém-lançados.”

A dica do CEO da Zoom para os consumidores aproveitarem a Black Friday é selecionar os itens que pretendem comprar e acompanhar o histórico de preços. Várias empresas, como a própria Zoom, oferecem esse serviço. Dessa forma, é possível saber se o item já foi vendido por um valor muito menor que o ofertado na Black Friday.

Publicidade

No entanto, ele afirma que algumas variações não se tratam de falsas promoções. “O preço do dólar pode impactar no valor de venda, causando diferenças de alguns itens.”

Veja seis dicas da Zoom para comprar bem na Black Friday

O desconto apresentado é realmente relevante?
O primeiro passo é o consumidor decidir antes da data os produtos que pretende comprar e pesquisar todas as informações sobre esses itens. O planejamento é fundamental. Alguns produtos têm descontos menores do que outros, então vale a pena refletir sobre quais são os mais atrativos.

Forma de pagamento
Escolher a melhor forma de pagamento é fundamental e o consumidor deve levar em conta que, em razão dos descontos, os produtos podem ter valores distintos se pagos à vista ou parcelados.

Planejamento é essencial
Além de checar o orçamento, a pesquisa sobre o produto escolhido também é fundamental. Agir por impulso não é recomendável. Mesmo com descontos expressivos, é importante pensar se o produto realmente atende às necessidades do momento.

Prazo e custo da entrega
Fique atento ao prazo de entrega, principalmente se pretende antecipar as suas compras de Natal. Na Black Friday é muito comum que os prazos sejam maiores e podem passar de 30 dias. É primordial também ficar atento ao valor do frete, que geralmente não está incluso na oferta. Dependendo do valor, pode ser que o desconto não compense por conta do frete para a sua região.

Compre em lojas confiáveis
É importante verificar se a loja possui dados blindados. Quando fornecer seus dados pessoais, fique atento ao desenho de um cadeado que aparece no canto esquerdo do local onde você digita o nome do site, e verifique se o endereço começa com https://. Outra dica importante é verificar o nome da loja em sites de reclamações ou até mesmo em órgãos de proteção ao consumidor, como o Procon. No Zoom, por exemplo, as lojas passam por uma rigorosa curadoria para garantir que são confiáveis.

Conheça seus direitos
A lei permite que você se arrependa da compra e o consumidor tem o prazo de sete dias, contados a partir do recebimento do produto, para devolvê-lo. Nesse caso, o arrependimento não precisa estar relacionado ao funcionamento do produto. Essa devolução garante o ressarcimento imediato do valor atualizado do pedido, incluindo os custos com frete.

Publicidade