Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Black Friday paraguaia reúne 80 mil turistas em Ciudad del Este

A febre de compras da “Black Friday” paraguaia realizada por milhares de comerciantes de Ciudad del Este atraiu cerca de 80 mil turistas nesta sexta-feira a esta cidade localizada estrategicamente em frente à Foz de Iguaçu e a Puerto Iguazú (Argentina).

Nem a forte chuva que caiu até meio-dia deteve os milhares de turistas brasileiros, paraguaios, argentinos e chilenos, que se lançaram à “caça” de eletrônicos, perfumes, óculos, relógios e roupas de marca, observou a AFP.

“Na primeira onda de gente, 30 tablets acabaram em três minutos. É impressionante”, disse Arsenio Ortiz, executivo da empresa Nave.

Como exemplo, esse produto era vendido por 100 dólares em determinadas horas, quando seu preço normal é de 350 a 400 dólares.

“Em 25 minutos terminaram as televisões LCD de 32 polegadas, de 250 dólares cada uma”, revelou com assombro à AFP Antonio Duarte, vendedor de uma das mais de 1.000 lojas que aderiram à megaliquidação.

Os Iphones, de 1.200 dólares, eram vendidos a 600 e os celulares Blackberry, de 260 dólares, a 115, observou a AFP.

Os turistas formaram filas de até 200 metros para esperar pacientemente a hora de entrar em alguns shoppings.

“Queremos demonstrar ao mundo que esta não é uma cidade pirata e que está em condições de oferecer os melhores produtos das melhores marcas, com garantia e nota fiscal, a preços tão competitivos como Miami ou Hong Kong”, disse a prefeita Sandra McLeod à AFP.

Ela anunciou que a prefeitura de Ciudad del Este já entrou em acordo com Foz do Iguaçu e iniciou conversas com a de Puerto Iguazú para coordenar entre as três populações um ‘Black Friday’ simultâneo, em novembro, coincidindo com o evento nos Estados Unidos.