Clique e assine a partir de 9,90/mês

Belcorp atuará na venda direta no Brasil, em outubro

Por Da Redação - 14 set 2011, 20h00

Por Rodrigo Petry

São Paulo – A multinacional de cosméticos peruana Belcorp começa a operar no sistema de vendas diretas no Brasil a partir de 1º de outubro, inicialmente em dez Estados. A empresa ingressará no País com suas três marcas: L’Bel (premium, focada no tratamento de pelo), Ésika (maquiagem e perfumaria) e Cyzone (cosméticos, acessórios e bijuteria, para o público jovem). Até fevereiro de 2012, a previsão da empresa é comercializar os cerca de 800 itens de seu portfólio e atuar em todo o País.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a empresa informou que a meta é atingir um faturamento de R$ 400 milhões até 2015 no Brasil. Nesse período, a empresa estima contar com 13 mil “líderes”, responsáveis pelos revendedores, e outros 200 mil consultores. Nos planos da companhia está ainda a construção de uma fábrica no País. Até l´[a, a Belcopr fará a importação de alguns produtos e finalizar e terceirizar outros itens no Brasil.

A Belcorp estuda entrar no mercado brasileiro há pelos menos dois anos e começará atuando em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, Goiás, no Paraná, Rio Grande do Sul, na Bahia, em Pernambuco, no Ceará e Pará. Há um mês, fontes disseram à Agência Estado que a empresa planejava investir R$ 20 milhões em sua operação no País.

Continua após a publicidade

Os consultores irão atuar no sistema de multinível, onde cada “líder” poderá contar com vários revendedores e redes. A empresa irá oferecer às consultoras a possibilidade de pagamento em até 28 dias dos pedidos. Além do Peru, a Belcorp opera na Colômbia, no Chile, México, na Venezuela, Bolívia, Guatemala, em Porto Rico, El Salvador, na República Dominicana, no Equador, na Costa Rica, Argentina, nos Estados Unidos e no Panamá. O grupo soma mais de 850 mil consultores em sua rede, espalhada por quinze países. Segundo o ranking da revista norte-americana especializada no segmento Direct Selling News, a Belcorp/LBel Paris registrou um faturamento de US$ 1,3 bilhão no ano passado, resultado 30% superior ao de 2009.

Publicidade