Clique e assine a partir de 9,90/mês

BCE vê sinais de estabilização da economia na Eurozona

Por Georges Gobet - 19 jan 2012, 10h35

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, afirmou nesta quinta-feira que a Eurozona, sacudida pela crise da dívida, começa a dar tímidos sinais de estabilização da atividade econômica.

A afirmação foi feita por Draghi à imprensa após uma reunião em Abu Dhabi, entre os bancos centrais da União Europeia (UE) e as lideranças petroleiras do Golfo.

Espanha e França superaram com êxito nesta quinta-feira seu primeiro grande teste nos mercados desde a redução de suas respectivas notas pela Standard and Poor’s, juntamente de mais sete mais países da Eurozona e do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF).

Esta redução em série das notas, apesar de esperada pelos mercados, trouxe temores de um encarecimento das emissões de dívida dos Estados e de um acirramento da crise da Eurozona, em pauta desde dezembro de 2009.

Continua após a publicidade

O dia conta ainda com uma nova rodada de negociações cruciais para Grécia, prevista para o final da tarde, com o intuito de se chegar a um acordo com os bancos.

Publicidade