Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BCE se diz preocupado com possível rejeição do MEE pela Alemanha

Jörg Asmussen, membro do comitê executivo do Banco Central Europeu (BCE), disse nesta quarta-feira que está preocupado com as possíveis consequências de uma rejeição por parte do Tribunal Constitucional alemão do futuro Mecanismo Europeu de Estabilização (MEE), afirmou em uma entrevista ao jornal alemão Stern.

Sem o MEE, o fundo de resgate permanente, “faltaria um instrumento importante de resolução da crise”, disse Asmussen em uma entrevista que será publicada na quinta-feira no semanário alemão.

De acordo com o membro do BCE, que afirmou que não pretendia dar conselhos aos juízes do tribunal, um voto negativo significaria o fracasso do MEE em sua forma prevista.

O Tribunal Constitucional alemão terá que se pronunciar no dia 12 de setembro sobre seis denúncias contra o processo de ratificação parlamentar do MEE.

O governo alemão considera que a decisão chegou muito tarde, assim como alguns economistas, que temem um agravamento da crise da zona do euro durante o verão boreal.

Até agora, os juízes do tribunal de Karlsruhe nunca se opuseram aos programas de resgate europeus, mas complicaram o sistema de decisão pedindo uma maior implicação do Parlamento alemão, o Bundestag.