Clique e assine com até 92% de desconto

BC revisa metodologia do índice de commodities (IC-BR)

Por Da Redação 22 dez 2011, 09h32

Por Eduardo Rodrigues e Adriana Fernandes

Brasília – O Relatório de Inflação do quarto trimestre trouxe a revisão da metodologia de cálculo do Índice de Commodities Brasil (IC-BR), que identifica o peso dos preços internacionais dessas mercadorias na inflação doméstica. Entre as principais mudanças está a ampliação da amostra utilizada para calcular os pesos, de cinco para oito anos, além da adoção de um sistema de pesos móveis para compensar as alterações nos preços relativos ocorridas no mês anterior.

A autoridade monetária também passa a considerar o arroz dentro do segmento de commodities agropecuárias e estende a série história do IC-BR até janeiro de 1998.

Segundo o documento, a revisão da metodologia apresenta uma correlação com a inflação cerca de 30% maior do que a obtida pelos critérios anteriores. Com isso, a atualização do cálculo do indicador “proporcionou importante ganho de eficiência na identificação dos impactos que as variações nos preços das commodities nos mercados internacionais exercem sobre a dinâmica do IPCA”.

Continua após a publicidade
Publicidade