Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

BC grego alerta para consequências dramáticas da dívida

Por Da Redação 25 set 2011, 09h53

Por AE

Atenas – A Grécia tem que avançar imediatamente com suas reformas e controlar a dívida do país, ou haverá consequências “dramáticas”, alertou o chefe do Banco Central grego em uma entrevista a um jornal publicada neste domingo. Nas declarações, George Provopoulos critica indiretamente o governo por demorar a implementar as reformas.

“Todos nós temos que entender que estamos vivendo momentos históricos. O caminho e o futuro do país estão literalmente sendo julgados. As margens de tempo se esgotaram”, disse Provopoulos ao jornal RealNews. “Ou avançamos imediatamente com a implementação fundamental das mudanças estruturais e controlamos a dinâmica da dívida pública, ou seremos confrontados com situações dramáticas”, completou.

As declarações dele foram dadas no momento em que a Grécia está em negociações com seus credores internacionais sobre as reformas e os cortes de orçamento que o país tem que fazer para garantir o próximo lote de 8 bilhões de euros de um pacote de ajuda de 110 bilhões de euros que o país assinou no ano passado.

Na semana passada, o governo socialista anunciou mais medidas de austeridades para garantir essa ajuda. Mas ainda é incerto se conseguirá aprovar essas medidas no parlamento em meio a desentendimentos internos. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade