Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BB recupera R$ 1,5 bi ao renegociar dívidas pela internet

Banco renegociou débitos com 146 mil clientes mesmo sob cenário de alta inadimplência; ideia partiu de um funcionário

A partir da ideia de um funcionário, o Banco do Brasil conseguiu recuperar 1,5 bilhão de reais em dívidas pela internet. Mesmo em meio a um cenário de inadimplência em alta, o banco renegociou débitos com 146 mil clientes por meio de um site específico, criado há um ano.

O BB viu a inadimplência – taxa de atrasos nos pagamentos superiores a 90 dias – subir no primeiro semestre, depois de uma trégua no fim de 2014. A situação econômica atual, com desemprego em alta e diminuição da renda, contribui para o aumento do número de calotes.

O Portal Solução de Dívidas registra média de 150 mil operações de regularização de dívidas por mês. O tíquete médio para os acordos fechados via internet é de 58 mil reais para empresas e 7,6 mil reais para pessoas físicas.

A negociação das dívidas com pessoas físicas já ultrapassou a barreira de 1 bilhão de reais, em contratos com 138,5 mil clientes. Ao todo, 7,5 mil empresas renegociaram 440 milhões de reais.

A ferramenta permite que clientes com dívidas com o banco consultem o saldo devedor (que incorpora juros e tarifas pendentes, além do montante principal) e o número de parcelas em atrasos. O site simula as condições para um acordo de renegociação. Ao final da consulta, o cliente pode selecionar a opção de pagamento. Os pedidos são avaliados por um algoritmo que pondera, entre outros aspectos, a probabilidade de recuperação do crédito.

A grande maioria dos clientes prefere fazer acordo sem abatimento. Isso significa que optam por pagar todo o saldo e manter relacionamento com o banco. Em alguns casos, os percentuais de redução são significativos, mas o cliente ficaria impedido de pegar novos empréstimos com o banco.

Leia mais:

Petrobras oferece risco para rating do Brasil, diz Moody’s

Como Oprah Winfrey criou US$ 700 milhões em apenas dois dias

(Com Estadão Conteúdo)