Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

BB prevê expansão de 17% a 21% na carteira de crédito

Por Da Redação 14 fev 2012, 09h53

Por Altamiro Silva Júnior

São Paulo – O Banco do Brasil projeta expansão de 17% a 21% na carteira de crédito para 2012. Na pessoa física, a alta estimada é de 19% a 23%. Na pessoa jurídica, é de 18% a 22%, segundo estimativas divulgadas pelo presidente do BB, Aldemir Bendine.

A projeção de alta nas despesas administrativas é de 8% a 12% e nas receitas com serviços, de 13% a 18%. Já na margem financeira bruta, a expansão prevista é de 11% a 15%.

Bendine destaca que o foco do Banco do Brasil em 2012 é a operação brasileira, com a rentabilidade que proporcionará a operação do Banco Postal e um trabalho para expansão nas receitas com serviços. “Os primeiros números do Banco Postal indicam que estamos no caminho certo. Podemos chegar a abrir 2,2 milhões de novas contas”, disse Bendine, destacando que a previsão anterior era de abertura de 1,7 milhão de contas este ano.

Ele destacou que o BB não prevê capitalização este ano. “Entendo que não há essa necessidade. Só se o mercado estiver muito positivo, aí podemos estudar”, disse em entrevista à imprensa. Em janeiro, o BB captou US$ 1 bilhão com a emissão de bônus perpétuos.

Continua após a publicidade

Publicidade