Clique e assine a partir de 9,90/mês

Barroso propõe federação europeia de estados nacionais

'Respostas dadas até agora não convenceram nem os cidadãos nem os mercados', disse presidente da Comissão Europeia

Por Da Redação - 12 set 2012, 09h37

O presidente da Comissão Europeia (CE), José Manuel Barroso, propôs nesta quarta-feira uma “federação de estados nacionais” europeia, como a chave da união política do continente, durante um discurso no Parlamento Europeu em Estrasburgo.

“Não tenhamos medo: precisamos seguir para uma federação de estados nacionais”, afirmou no esperado discurso sobre o estado da União.

Leia também:

Barroso: Europa precisa encerrar resposta ‘fragmentada’

Justiça alemã rejeita veto a fundo de resgate europeu

O presidente do Executivo comunitário admitiu que as “respostas dadas até agora não convenceram nem os cidadãos nem os mercados”. “Precisamos de um novo rumo”, completou.

Continua após a publicidade

O discurso aconteceu em um dia chave, no qual a Corte Constitucional da Alemanha deu aval para o fundo de resgate europeu e em que a Holanda celebra eleições legislativas.

Além disso, a CE apresenta a proposta de uma supervisão bancária única para a zona do euro, o primeiro passo para o ambicioso projeto de união bancária, com o qual pretende cortar definitivamente a dependência do setor financeiro e da dívida soberana.

No mesmo discurso, Barroso destacou que se a Grécia cumprir com seus compromissos de reformas e ajustes, permanecerá na eurozona.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade