Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Barril do Texas fecha em queda de 0,84%

Nova York, 8 jun (EFE).- O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em julho fechou nesta sexta-feira em queda de 0,84%, cotado a US$ 84,1, devido ao fortalecimento do dólar frente a outras moedas diante das preocupações com a crise de dívida europeia, embora tenha acumulado alta de 1,04% na semana.

Ao término do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI caíram US$ 0,72 em relação ao fechamento desta quinta-feira.

O Petróleo do Texas terminou em queda num pregão em que o dólar se valorizou frente a outras moedas, especialmente em relação ao euro, cotado nesta hora a US$ 1,2508, frente ao US$ 1,2561 da sessão anterior.

A alta do dólar pressiona para baixo as matérias-primas, que como o petróleo WTI, são cotados nesta moeda.

O novo avanço da moeda americana ocorreu num dia marcado pelas preocupações sobre a situação dos bancos espanhóis e a possibilidade do fundo de resgate europeu destinar fundos para recapitalizar o setor.

Apesar da queda de hoje, o petróleo do Texas fechou a semana com uma alta de 1,04%, após uma queda do 17,4% em maio.

Já os contratos de gasolina com vencimento em julho não registraram mudanças e voltaram a fechar em US$ 2,68 por galão (3,78 litros), embora tenham registrado uma alta semanal de 1,13%.

Os contratos de gasóleo para calefação também para entrega em julho somaram um centavo para fechar nos US$ 2,67 por galão, de modo que nestes cinco dias subiram 1,13%.

Já os contratos de gás natural com vencimento em julho somaram dois centavos para terminar a sessão em US$ 2,29 por cada mil pés cúbicos, e com isso fecharam a semana com queda acumulada de 1,29%. EFE

tme/dk